18/05/2017

Sobre o Curso: Comunicação Social (Jornalismo)

18/05/2017
  Oi meninas, tudo bem?
   Hoje começo uma série de posts para ajudar quem ainda não escolheu o que quer cursar na faculdade, teremos muitos cursos por aqui e a opinião de quem escolheu o curso, com dicas para quem pretende iniciá-lo.
   O curso escolhido para falar hoje é Comunicação Social, nesse post falaremos sobre Jornalismo, com as opiniões e dicas da nossa convidada: Patrícia Silva. Em breve farei outro post falando de outra área da comunicação social que é Publicidade e Propaganda.




 Algumas informações sobre o curso:

Perfil do Profissional: Deve ser bom observador da realidade, saber identificar a relevância e o interesse público dos fatos e fenômenos sociais com o objetivo de informar, interpretar e contribuir para a compreensão do público. Ter senso crítico e conhecimentos gerais.


Mercado de Trabalho: O mercado para os jornalistas está em constante transformação e expansão devido às novas tecnologias que ampliam as possibilidades de produção, transmissão e recepção de conteúdo. Além da manutenção da mídia tradicional, como rádio, TV, jornais e revistas, este cenário amplia as perspectivas para os jornalistas atuarem em plataformas digitais, assessorias, empresas produtoras de conteúdo para diferentes mídias ou criando seu próprio negócio.



Opinião da convidada:




O que te levou a escolher esse curso?

Eu decidi na última hora pelo Jornalismo (Foi amor à primeira vista), sempre sonhei em fazer Direito, inclusive fiz vestibular para este curso, mas nunca fui conferir o resultado. Durante uma visita a uma faculdade, onde eles apresentam todos os cursos da instituição tive meu primeiro contato com o jornalismo e por ter uma voz um pouco mais rouca, sempre me disseram que eu servia para trabalhar em rádio. No mesmo dia fiz minha inscrição e iniciei a faculdade assim que acabei o ensino médio.









Está em que período? Já trabalha na área do curso?
Eu concluo a graduação no fim do primeiro semestre deste ano de 2017. Comecei a trabalhar na área ainda no segundo semestre da faculdade. Tive a oportunidade de trabalhar em uma emissora de TV local como estagiária e foi um período de muito aprendizado, pouco mais de um ano depois, surgiu a oportunidade de eu trabalhar em um site de Xanxerê, também como estagiária e eu não pensei duas vezes. Neste trabalho desenvolvi minha escrita, minhas técnicas de entrevista e meu olhar para a fotografia, eu me encontrei no online. Quase dois anos depois, fui convidada a fazer parte da equipe de um novo site que iniciou as atividades no município, desta vez como jornalista, mesmo antes de formada e é onde trabalho atualmente. Em novembro deste ano iremos completar dois anos de atividades no município, as responsabilidades e o trabalho aumentaram consideravelmente, mas também o reconhecimento e o carinho da comunidade.

 O curso é o que você esperava?
Sinceramente, não sei. Mas, superou minhas expectativas. O bom do jornalismo (Comunicação social, na verdade) é que existe um leque muito grande de possibilidades. É possível trabalhar em TV, rádio, jornal, assessoria de imprensa, online, fotografia, a área de comunicação é muito ampla.


 Quais foram suas maiores dificuldades no início do curso?
Acredito que financeira mesmo. O curso de jornalismo não é um curso barato, além da mensalidade tem transporte, livros, viagens ou atividades extracurriculares e, aliar a faculdade com o emprego é outro desafio.

Que dicas você daria para quem pretende escolher esse curso?

O ideal é já no começo da faculdade procurar fazer algo na área, nem que seja um trabalho voluntário, somente para sentir se realmente é algo que você queira trabalhar. Pois o jornalismo é muito desafiador, exige de você muita leitura, boa escrita, saber falar, não ter vergonha, o jornalista precisa saber de tudo um pouco e, definitivamente, tem pessoas que não servem para isso. Sempre falo que para você trabalhar com jornalismo tem que ter muito amor, pois para jornalista não tem sábado, domingo ou feriado, o salário não é tão bom assim, e a área passa por uma crise muito grande.

Agradeço imensamente por a Patrícia ter aceitado meu convite, e por dividir um pouco da experiência dela com vocês, espero que tenham gostado do post, e quinta-feira teremos informações sobre outro curso aqui no blog. Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário